Evangelismo


Qual a razão da igreja existir? Será que tem como objetivo o que temos visto em nossos dias? Será que é ter grandes igrejas locais, dominadas por líderes que sentem prazer em alimentar a sua glória? A resposta é NÃO!

Temos visto uma caricatura do que é a igreja verdadeira. Quando comparamos o que muitos estão pregando e vivendo podemos entender o que a Palavra de Deus nos preveniu através de inúmeros versículos tais como:

¨…NOS ÚLTIMOS DIAS MUITOS SE APOSTATARÃO DA FÉ PARA OBEDECEREM A ESPÍRITOS ENGANADORES A DOUTRINAS DE DEMÕNIOS¨ – I Tim 4.1 e seguintes

¨PREGUE A PALAVRA, INSTA QUER SEJA OPOTUNA QUER NÃO, …POIS HAVERÁ TEMPO EM QUE NÃO SUPORTARÃO A SÃ DOUTRINA, MAS SE CERCARÃO DE MESTRES SEGUNDO AS SUAS PRÓPRIAS COBIÇAS¨…II Tim 4.2 e seguintes

Creio que o Senhor nos agraciou com o dom de evangelismo, mas para os que não têm esta facilidade, quero lembrar que é uma ORDEM pregar O EVANGELHO DO SENHOR JESUS. Não é uma opção e nem somente uma responsabilidade dos evangelistas. A ORDEM de fazer discípulos está ligada ao EVANGELISMO, pois sem este último não haverá discípulos.

Tenho tido a felicidade de pregar o  evangelho de Jesus Cristo e não uma RELIGIÃO.

Em meu pequeno livreto SEMEANDO NO CAMPUS, faço abordagens de três tipos de evangelismo:

a- Por perguntas ( Este foi o método que utilizaram para me alcançar com o evangelho do Senhor Jesus )

b- Caminho Romano (Conforme tenho usado nestes trinta e três anos )

c- As Quatro Leis Espirituais ( material da Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo )

d- As cinco mentiras das religiões ( material que fui desenvolvendo ao longo do ministério )

DISCIPULADO

Desde o início de minha conversão, entendi que havia uma ordem dada pelo Senhor que era inegociável:

…¨IDE, PORTANTO, FAZEI DISCÍPULOS DE TODAS AS NAÇÕES, BATIZANDO-OS EM NOME DO PAI E DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO. ¨… (Mat. 28.18 a 20)

A metodologia de Jesus era simples e prática. Não era transmitida como é o usual em nossos dias. Não eram levados a uma sala de aula onde de uma maneira sistematizada eram equipados. O Senhor conversava com os seus discípulos e aproveitava todas as oportunidades em seu caminhar diário para treina-los para se reproduzirem.

O apóstolo Paulo entendeu e aplicou o mesmo método aos seus discípulos. Dá uma ordem ao seu discípulo Timóteo que escolhesse homens fiéis e idôneos e o treinasse para reproduzirem de tal maneira que eles se multiplicassem. (II Tim. 2.2)

Tenho convicção que esta é uma das grandes falhas da igreja dos nossos dias. Os pastores e líderes, com raras exceções, limitam-se aos púlpitos e nas escolas dominicais.

As seitas como as Testemunhas de Jeová, Mórmons e outros é que usam os métodos que deveríamos estar usando. Caso a metodologia do Senhor Jesus tivesse sido aplicada desde o início, mundo já teria sido alcançado várias vezes.

Na verdade, segundo entendemos pelas Escrituras, deveríamos ter simultaneamente os três níveis de treinamento:

a- Na GRANDE CONGREGAÇÃO

b- Nos PEQUENOS GRUPOS

c- No DISCIPULADO UM A UM

Quando lemos Os Atos dos Apóstolos, nos deparamos com o que era o andar diário dos cristãos. Eles se reunião diariamente no templo e de casa em casa. O que será que faziam nestes lugares?

¨E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ENSINAR e de PREGAR Jesus, o Cristo. ¨ (Atos 2.46 e 5.42)

Isto explica o motivo que perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Era um andar diário com Deus. (Atos 2.42)

Como exemplo do discipulado um a um, fora Paulo, podemos citar Áquila e Priscila que eram empresários fazedores de tendas como Paulo. Estes tinham uma vida marcada pelo Senhor. Eram discípulos de Paulo, eram cooperadores do ministério de Paulo, discipularam a Apolo e ainda havia uma igreja que se reunia na casa deles. (Atos 18.1 a 3) (Atos 18.23 a 26) e (Rom. 16.3 a 5)

Quero ressaltar, analisando as vidas de Jesus e de Paulo, que o discipulado não se resumia em um estudo bíblico. Na verdade o estudo bíblico faz parte do discipulado correto. Discipular é caminhar literalmente com o seu discípulo. Isto envolve tempo, disponibilidade, testemunho e amor pelo irmão. Enquanto caminha ou se senta em algum lugar, surgirão oportunidades para aconselhamento, orações, ensino, tirar dúvidas, evangelismo pessoal e em grupo e testemunho pessoal. O discípulo verá na prática como enfrenta situações adversas, como trata do pecado e como é a sua hora de estar na presença do Senhor.

Este site, além de textos que estaremos colocando sobre este assunto, ainda conterá as datas de cursos sobre discipulado para os que desejam andar em obediência ao Deus vivo. Sempre o que é ensinado deve ser praticado. Desta maneira, estaremos planejando projeto no Brasil, América Latina e Ásia, para que os participantes possa aplicar tudo o que aprendeu.

Fique atento, pois estaremos postando as datas, locais e custo, tanto dos cursos de EVANGELISMO como de DISCIPULAGO.

Be Sociable, Share!